Paraíba é o Estado que mais conquistou recursos do PAC II.

RICARDO COUTINHO

O governador Ricardo Coutinho anunciou nesta quarta-feira (9) que a Paraíba é o Estado do país mais beneficiado pelo Ministério das Cidades no grupo três do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC II). Os oito projetos selecionados nas áreas de abastecimento e saneamento, em um volume de investimentos de quase R$ 130 milhões, representam 13% do total de recursos liberados para 125 municípios de 13 unidades da Federação. “É uma vitória muito importante para a Paraíba”, disse, em entrevista para uma emissora de TV.

Os municípios contemplados na Paraíba são Areia, que receberá R$ 28 milhões; Conde, com R$ 31,9 milhões; Itabaiana, com R$ 3,3 milhões; Lucena, com R$ 37,7 milhões; e Mamanguape, com R$ 29 milhões. Ao todo, os investimentos beneficiarão 124 mil habitantes, proporcionando saneamento básico e acesso à água potável nas residências. O Ministério das Cidades divulgou, na noite dessa terça-feira (8), a lista com as 134 propostas e o valor total do empréstimo, de R$ 1,127 bilhão. Conforme dados do ministério, serão beneficiados 125 municípios com menos de 50 mil habitantes, em 13 estados do país.

Segundo o governador, o próximo passo é encaminhar os projetos das obras para análise na Caixa Econômica Federal (CEF), no início de 2012. “Os recursos estão assegurados e já estamos com os projetos prontos. Depois dessa etapa, vamos abrir os processos de licitação para que as obras se iniciem e contribuam para a melhoria de vida dos paraibanos.”

Ricardo destacou que os oito projetos aprovados pelo Ministério das Cidades vão mudar a atual realidade de abastecimento de água e saneamento dos municípios contemplados. “No caso de Areia, Conde e Lucena, os projetos também serão favoráveis ao desenvolvimento turístico”, acrescentou.

**Benfeitorias** – O município de Mamanguape ganhará uma adutora de 23,2 km até Araçagi, o que resolverá o problema da falta de água do município por, no mínimo, 40 anos. “Nas últimas visitas que fizemos ao município observamos que a construção do Hospital, cujas obras já iniciamos, e a falta de água lideravam as reivindicações da população. Estamos enfrentando de frente esses problemas”, destacou Ricardo.

Em Areia, o Governo fará a ampliação do sistema de abastecimento d’água composto. Serão aplicados R$ 11,4 milhões para a construção de uma estação de tratamento, duas estações elevatórias, dois reservatórios, implantação de 9,9 km de rede de distribuição, 10,3 km de adutora, 300 ligações residenciais e 3,6 km de substituição de redes, que vão levar água tratada à população. Outros R$ 16,6 milhões serão usados na execução das obras de ampliação do esgotamento sanitário, com a construção de estações elevatórias, interceptores, estações de tratamento de esgoto, rede coletora, ligações domiciliares e emissários. Com esses serviços, a cobertura de saneamento passará de 27% para 90%.

Já o município do Conde receberá R$ 2,7 milhões para a ampliação do sistema de abastecimento e outros R$ R$ 29,2 milhões para a implantação do esgotamento sanitário no distrito de Jacumã, com a construção de uma estação elevatória, 5,3 km de adutora de água tratada, 2,2 km de substituição de rede, macromedição, micromedição e setorização da rede coletora, ligações residenciais, emissários e estação de tratamento de esgoto.

Para o município de Itabaiana, estão previstos R$ 3,3 milhões para a ampliação do sistema de abastecimento d’água, com a construção de um reservatório de distribuição de água (200m³) na parte alta da cidade, 2,9 km de adutora de água tratada, que transportará a água por meio da nova estação elevatória ao reservatório, 18 km de rede de distribuição, 507 ligações residenciais e reabilitação de unidades operacionais.

Por fim, Lucena ganhará esgotamento sanitário e a ampliação do seu sistema de abastecimento d’água, com investimentos da ordem de R$ 37,7 milhões, dos quais R$ 30,9 milhões serão aplicados na implantação da rede de esgotos, construção de rede coletora, ligações prediais, estações elevatórias de esgotos, emissários e estação de tratamento de esgoto. Os R$ 6,8 milhões restantes serão destinados à ampliação da oferta d’água nas praias de Costinha, Fagundes e Gameleira, fortalecendo o turismo em Lucena.

Secom-PB

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: