Matéria destaca o fim do Coletivo Girassol; governador admitiu fim do grupo.

 

Em matéria publicada neste domingo, o jornal da Paraíba trouxe uma análise do que o próprio governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), disse ter “acabado”.

Leia:

“Coletivo Girassol virou o PSB”

Próprio Governador da Paraíba Ricardo Coutinho decreta fim do “Coletivo” comandado por ele há pelo menos 20 anos

Quando se fala das administrações de Ricardo Coutinho e seu grupo, normalmente se faz referência ao ‘Coletivo Girassol’, ou simplesmente ao ‘Coletivo’, apesar de nunca se esclarecer de onde isso surgiu. Para início de conversa, o ‘Coletivo’ não existe mais. Quem diz isso é o próprio governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, (PSB), responsável pela criação, entre o final da década de 1980 e início de 1990, desse grupo de pessoas, que começou como uma tendência, uma facção dentro do PT, e apostou alto na política partidária, especificamente no nome de Ricardo Coutinho. Hoje, “o Coletivo virou PSB”, afirma o próprio Ricardo.

Para o “coletivista” histórico Alexandre Urquiza, o “Coletivo” é uma espécie de “vício de linguagem”. Quanto ao conceito ‘Coletivo Girassol’ teria sido uma maneira de tentar diminuir, de forma pejorativa o ‘Coletivo’. “Quando veio a candidatura de Ricardo a oposição tentava diminuir. Mas, isso nunca nos agrediu, toda vida nos fortaleceu. Nós, hoje, não somos coletivo porquê crescemos”, afirmou Urquiza.

 

Matéria

 

Fonte: Jornal da Paraíba

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: